Acessibilidade 5 Alto contraste 6

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Transparência

Legislação

Lei Ordinária 2101/2020

Publicada em: 24 ago 2020

Ementa: ESTABELECE LIMITES PARA O PLANTIO DE ÁRVORES EXÓTICAS E OUTRAS ARVORES DE GRANDE PORTE JUNTO À REDE DE DISTRIBUIÇÃO ELÉTRICA E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS


LEI-2101-Estabelece Limites para o Plantio de Árvores Exoticas e Out.de G.Porte Prox.Rede Distr.Eletr.
[78,0 KB] Baixar Arquivo
 

 

ESTADO DE SANTA CATARINA

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DAS ANTAS

 

                          

                                 LEI  N° 2.101,  DE 24 DE AGOSTO DE 2020.

ESTABELECE LIMITES PARA O PLANTIO DE ÁRVORES EXÓTICAS E OUTRAS ARVORES DE GRANDE PORTE JUNTO À REDE DE DISTRIBUIÇÃO ELÉTRICA E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS

                        

                         O PREFEITO MUNICIPAL DE RIO DAS ANTAS.

 

                         Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte lei:

 

Art. 1º - A faixa de segurança mínima para o plantio de árvores exóticas e outras de grande porte junto às redes de distribuição de energia elétrica é de 50 (cinquenta) metros, (25 metros de cada lado, a partir do eixo central) para espécies folhosas e de 40 (quarenta) metros (20 metros de cada lado, a partir do eixo central) para espécies coníferas.

 

            Parágrafo Primeiro – O proprietário poderá nesta área de recuo, plantar vegetação rasteira, árvores frutíferas e outas culturas com até 03 (três) metros de altura ou realizar pastagens.

           

            Parágrafo Segundo – As árvores plantadas na faixa de segurança e cortada pela concessionária será disposta no local para que o proprietário lhe dê o devido destino.

 

Art. 2º - As árvores mencionadas no artigo anterior que estiverem plantadas e não obedecerem a distância mínima exigida, serão cortadas pela concessionária de energia.

 

Parágrafo Único – As árvores nativas existentes que estiverem dentro dos limites da presente lei, somente poderão ser cortadas mediante autorização expressa do órgão ambiental competente e a concessionária é responsável por tal autorização.

 

Art. 3º - O acesso da empresa concessionária às propriedades particulares, para fins de manutenção preventiva das áreas de faixa de segurança (servidão), será realizado mediante prévio aviso e anuência do proprietário.

 

§ 1º - Nos locais onde ocorrer interrupção no fornecimento de energia motivado pelas árvores que estiverem na faixa de servidão, o acesso da empresa concessionárias às propriedades poderá ser realizado sem prévio aviso e anuência do proprietário.

 

§ 2º - O ingresso na propriedade para restabelecimento no fornecimento de energia motivado pela queda de árvores que estiverem na faixa de servidão deverá ser comprovado posteriormente ao proprietário.

 

§ 3º - Caso o Proprietário apresente resistência para a derrubada das árvores por parte da concessionária, a concessionária deverá comunicar formalmente a Prefeitura Municipal de que foi impedida de realizar a limpeza.

 

             § 4º - Em sendo a concessionária impedida de realizar a limpeza da área, após a notificação forma do Município, este dará ao proprietário o prazo de 05 dias para que realize a limpeza da área, sob pena de multa, sendo 10% sobre o salário mínimo para a primeira árvore, e 5% do salário mínimo para cada árvore excedente à primeira, que tenham sido plantadas de forma irregular.

 

             § 5º - Em sendo o proprietário reincidente, a concessionária notificará o Município, e este aplicará a multa no valor de sendo 10% sobre o salário mínimo para a primeira árvore, e 5% do salário mínimo para cada árvore excedente à primeira, que tenham sido plantadas de forma irregular.

 

Art. 4º - O Chefe do Poder Executivo regulamentará esta Lei determinando o prazo legal para que a empresa concessionária das redes de distribuição de energia elétrica, ou seus prepostos, procedam à adequação aos parâmetros definidos nesta Lei.

 

Art. 5º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

 

RIO DAS ANTAS, 24 DE AGOSTO DE 2020

 

 

RONALDO DOMINGOS LOSS

Prefeito Municipal

 

Registrada em livro próprio e publicada no Órgão Oficial de Publicação do Município de Rio das Antas na mesma data.

 

 

GILBERTO ZIEMANN

Secr.Mun. de Adm. e Finanças


Não existem arquivos anexos


Não existem normas relacionadas